Logo-pt

AJAX Search

langue

Legislação

Documentos

Observatório do Mercado

Observatório do Mercado

scanner de mercado passado

Boas vinda

Presid.3 

Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade de Informação

Mês de Maio – Mês de Celebração do dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade de Informação

O dia 17 de Maio foi instituído pela União Internacional das Telecomunicações como Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade de Informação. Em sintonia com o tema definido para este ano – “Reduzindo o fosso de normalização.

São Tomé e Príncipe, como um dos Estados membros da UIT, por intermédio da AGER – Autoridade Geral de Regulação, não deve ficar alheio a este dia, dada à grande importância que os serviços das Telecomunicações e das TICs desempenham no nosso dia-a-dia e do desenvolvimento socio- económico da nação santomense.

A definição de normas ou padrões é um dos pilares fundamentais da missão da ITU como agência especializada das Nações Unidas para as tecnologias de informação e comunicação (TIC). Os padrões da UIT contribuem para a promoção das TIC para a realização de todos os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.


O tema escolhido para este ano visa chamar a atenção dos membros da UIT e de outras partes interessadas para:

  • A participação dos países em desenvolvimento no processo de desenvolvimento dos padrões da UIT;
  • A capacitação de especialistas locais no processo de padronização em nível nacional, regional e internacional; e
  • A promoção da implementação de padrões internacionais nos países em desenvolvimento.


Quer se conectar à Internet, assistir a um evento desportivo na TV, ouvir rádio no seu carro ou assistir a um vídeo no seu smartphone? Os padrões da ITU tornam isso possível.


Os próximos padrões 5G, especialmente em conjunto com a inteligência artificial, apoiarão uma nova gama de aplicativos que em breve nos parecerão comuns: de veículos sem motorista à cidades mais seguras e inteligentes.


Os padrões da ITU garantem a interoperabilidade, abrem mercados globais e estimulam a inovação e o crescimento, tanto para os países desenvolvidos como em desenvolvimento, contribuindo assim para acelerar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das TIC para todos.


A UIT apela aos Estados Membros, aos membros da indústria, às grandes e pequenas empresas e às instituições académicas, bem como às outras agências das Nações Unidas, aos parceiros e à todas as partes interessadas, para apoiar o programa de como reduzir a lacuna de padronização" e prosperidade e bem-estar para todos.

A Padronização ou Normalização, é o processo de desenvolvimento e implementação de normas técnicas.

Tem com objectivo definir as especificações técnicas que auxiliem a maximização nos processos e produtos nos seguintes aspectos:

  • Economia - redução de desperdícios e variedade de produtos de certa gama;
  • Comunicação - assegurar a absorção e transferência de tecnologia;
  • Segurança - proteção da vida e saúde humana;
  • Compatibilidade - manutenção da funcionalidade com produtos complementares;
  • Proteção do consumidor - aferição da qualidade requerida pelo consumidor;
  • Eliminação de barreiras técnicas e comerciais - adequação a padrões internacionais.

Benefícios

Devido ao crescente número de exigências e a alta competitividade da economia internacional, as empresas dependem cada vez mais da sua capacidade de inovação para redução de custos. Nesse contexto, a normalização é utilizada como meio para se alcançar a redução de custos da produção e do produto final, mantendo ou melhorando sua qualidade. [6]As vantagens mais significativas, que resultam da atividade normativa, podem ser enumeradas:

  • Utilização adequada dos recursos;
  • Uniformização da produção;
  • Melhoria da qualidade;
  • Aumento da produtividade;
  • Possibilidade de registro do conhecimento tecnológico;
  • Facilita a cooperação tecnológica entre países;
  • Simplificação e redução do tempo de projeto;
  • Atualização permanente;
  • Promoção do comércio, através da supressão dos obstáculos originados pelas diferentes práticas nacionais.

Orgãos internacionais de normalização

  • IANA - Autoridade para Atribuição de Números de Internet
  • IEC - Comissão Eletrotécnica Internacional
  • IEEE - Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos
  • ISA - Sociedade Internacional de Automação
  • ISO - Organização Internacional de Normalização
  • ITU - União Internacional de Telecomunicações; etc

A Autoridade Geral de Regulação – AGER, no âmbito das suas atividades, tem vindo a promover ações para auferir o cumprimento dos indicadores fixados aos operadores públicos de telecomunicações, tais como:

  • Qualidade dos serviços das redes fixa, móvel e de internet
  • Índice de cobertura ao nível do território nacional
  • Promoção da evolução tecnologia e aparecimento de novos serviços
  • Redução dos custos da oferta da acessibilidade de Internet.

Ager dentro

Vinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.x

Sua opinião

O que você acha sobre a qualidade dos serviços

JB:Social Links

Vinaora Visitors Counter

2883580